Luz "cinemática"?


Vejo em muitos "tutoriais" que circulam aos montes no Youtube o uso indiscriminado de luzes e cores em um set com o intuito de ter uma imagem mais "cinemática".


Esquecem eles que luz não é uma questão de colorir ou clarear, mas sim de contar uma história. Essa é a sua verdadeira função.


A cor (ou a ausência dela como no caso da imagem do post), a intensidade, forma e dureza da luz é uma linguagem narrativa. Ao posicionar uma luz entenda o motivo dela estar lá, o que ela agrega na mensagem que você quer passar e principalmente qual sentimento ela irá gerar no espectador.


FOTO: bastidores do documentário "Longe de casa, perto de mim", com direção de José Roberto Pereira e Fotografia de Guto Aeraphe.